05 abril 2017

Joguinho do futuro
















Já tem um tempo que eu parei pra pensar sobre as pessoas que passam em nossas vidas. Àquelas que um dia estudaram com a gente, como elas vão estar daqui vinte anos? É uma coisa meio boba, mas olha como o mundo roda, as coisas mudam de um dia para o outro.

Parar pra pensar no futuro está sendo meu passatempo nas madrugadas, não sei se é porque já estou quase na vida "adulta" ou por algum outro motivo que desconheço, só sei que pensar em como eu vou estar daqui alguns anos, se eu vou encontrar alguns amigos da escola e falar como estou feliz com meu emprego, com minha família, que realizei o sonho de comprar meu apartamento próprio, se vou estar orgulhosa disto. E se eles vão dizer a mesma coisa, se é que iremos nos reconhecer.

E uma coisa mais doida ainda. Já pensou aquele menino tímido, que você nunca nem deu bola ser a pessoa certa no futuro?  Vocês se esbarram sem querer no mercado e acabam trocando telefones e tudo vai se desenrolando tão naturalmente como nos filmes adolescentes da Disney.

É como sempre ouço por aí, não sabemos nada do dia de amanhã. Pode ser que você nem acorde, pode ser que de repente ganhe na loteria, que seja sorteado pra uma viagem para Nova York. Ninguém sabe de nada. São infinitas as possibilidades ao acordar.

E pensar em tudo isso tem me dado vontade de construir coisas melhores agora. Construir boas amizades, vários rolês da hora, tirar o máximo de fotos possíveis, ser mais gentil, buscar novos conhecimentos e o principal... me arriscar nessa vida doida que é a nossa.

Tudo isso irei levar de lembrança pro resto da vida, isso vai fazer parte do meu futuro. Você não pode saber como vai estar daqui dez anos, mas pode plantar sementes para colher bons frutos. Pois tudo que é plantado em boa terra frutifica e cria raiz.

11 comentários:

  1. Quando eu estava na transição dos 17 para os 18, o que eu mais pensava era no futuro. Na verdade sempre pensei, mas nessa fase me dava uma certa preocupação e certo medo. Os anos andam passando muito rápido e isso é assustador. A verdade é como você disse, temos que aproveitar o agora porque o hoje não volta mais. E você disse algo que eu vou levar para toda vida: "Você não pode saber como vai estar daqui dez anos, mas pode plantar sementes para colher bons frutos."
    Ps: amei seu cantinho e to seguindo, viu?
    Skyscrapers

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que isso é apenas uma fase, nessa idade ficamos muito preocupados com o futuro, decidir ele é muito pior.

      Excluir
  2. Achei seu blog muito bonito e o layout bem clean. Mas achei que o botão de comentar está escondido demais.
    www.rumorandhorror.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Bruna, tem certeza que cê tem 16? Teu texto tem uma vicência pra muito mais além menina. Parabéns. Beijos

    http://www.verdadeescrita.com/eu-sou-minha-2/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho viu, a não ser que a certidão esteja errada haha. Mas muito obrigada, fico feliz com isso!

      Excluir
  4. Tem uma época da vida da gente que acabamos pensando demais no futuro. Mas o que podemos fazer é isso: viver um bom presente para colher um bom futuro.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  5. A gente tem o costume de pensar demais. Ficamos enrolados num futuro que provavelmente nem vai acontecer, vai seguir rumo completamente diferente, mas acabamos confinados naquilo. O importante é o agora, o que estamos vivendo hoje ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, talvez não seu destino não seja aquilo que você quer que seja. Sei que temo que aproveitar o agora pra depois não se arrepender!

      Excluir
  6. Oioi !
    Adorei o texto ... quando eu tinha 17 anos pensava um pouco assim, mas quando vai amadurecendo vai ver que não adianta só pensar no futuro, você tem que planejar e agir para que as coisas aconteçam !

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Que lindo! Quando tinha essa idade pensava mais ou me já assim, seja paciencinre!!!

    ResponderExcluir
  8. É por textos assim, por pessoas assim, (e também por achar que tenho bastante maturidade) que digo que nossa idade não define nem um pouco nossa maturidade. Tenho a mesma idade que você, e sei que com 16 anos ainda sem tem muito para viver, muitas experiências para se ter, mas isso não nos define, não nos limita. Adoreo seu texto, parabéns, é lindo. Beijos.
    https://v3rsosdaalma.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por ler até aqui!!

Se você gostou é só comentar.
Quer dá sua opinião? É só comentar também!
Nada de spam.
Os comentários são moderados para eu ter a chance de ler todos e responder com carinho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...