13 abril 2017

13 coisas que aprendi com 13 Reasons Why

blog cafe com leite




















Preciso nem dizer mais nada sobre essa série né! Já são tantas pessoas comentando como é boa que mais uma opinião pela internet não vai fazer tanta diferença.

Mas eu precisava desabafar com alguém sobre ela. Não estou conseguindo parar de pensar tudo o que ela nos traz. Toda série foi construída com personagens muito bem pensados, história bem desenvolvida e ensinamentos que levarei pro resto da vida.

Tem vez que paro o que estou fazendo só pra refletir um pouco sobre a vida da Hannah, que pode ser outras pessoas que estão passando pela mesma dificuldade, e percebo que tudo podia ser diferente. Levei muito tapa na cara e aprendi muitas coisas. E são sobre elas que quero falar com vocês hoje.
  • Palavras machucam.
Um ponto já clichê mas que senti a necessidade de falar aqui. As vezes você só faz um comentário sem maldade, mas não sabe como aquilo pode machucar os outros, um apelido na roda de amigos pode ferir sim. Já ouvi muitas pessoas falarem como eu estava magra, mesmo sem querer machucar, era horrível ouvir isso. Custei gostar de mim desse jeito, que foi com um comentário que eu estava gordinha que me fez emagrecer. Então, antes de falar algo pense bem, vê se aquilo vai edificar a pessoa ou destruir.
  • Palavras também curam.
Assim como palavras machucam, elas também trazem um conforto pra quem precisa de um elogio qualquer. Na série você percebe o quanto a Hannah fica feliz quando falam que ela é especial, que faz falta. São coisas simples que podem ser importante para os outros. Por isso que uma das minhas metas em 101 coisas em 1001 dias é elogiar mais as pessoas.
  • Você não sabe o que passa na vida dos outros.
Como eu disse, um comentário pode ferir muito alguém. Talvez seja por causa disso que a pessoa piora mais ainda, talvez você tenha tocado na ferida mais profunda dela. Pra você pode ser nada, mas pra ela pode ser tudo que a define. 
  • Não fique calado.
Mesmo que o Clay não ter cometido nenhum tipo de bullying com a Hannah, ele viu tudo e não falou nada. Isso é um grande erro. Eu digo por mim mesma, as vezes temos medo ou vergonha de dizer algo, mas isso pode salvar a vida de alguém. Já vi muitas pessoas zuando as outras e essas ficarem mal. Eu não fiz nada pra mudar isso. E hoje vendo essa série, minha mente mudou em relação a isso. Se vi, vou falar pra quem quer que seja.
  • Nunca deixe pra amanhã o que fazer hoje.
Você já deve ter ouvido muito essa frase, eu também, mas não sabia o peso que ela tinha até uma semana atrás. O Clay podia ter falado pra Hannah que a amava, talvez isso também podia ter salvo a vida dela. São essas atitudes que temos de deixar as coisas importantes passarem que nos prejudicam. Se tem a chance de fazer hoje pra que deixar pra depois. Você não sabe do dia de amanhã.
  • Lute pelo que ache certo.
Em quase toda a série você vê como Alex luta pela verdade. Ele não tem medo de dizer o que pensa, ele luta pelo que acredita. Eu também preciso aprender mais sobre isso, em relação a discutir com os outros de diferentes opiniões, prefiro que ele saia "ganhando" do que ficar batendo boca. Sou dessas que não gosta de discussão, não que lutar pelo que acredita seja bater. Mas expressar o que eu acho a respeito de algum assunto e não ficar calada pelo que penso.
  • Não brinque com os sentimento dos outros.
Todos nós sabemos que o amor é uma coisa muito difícil de se lidar, imagina você brincar com ele? Quando Justin sai com Hannah pela primeira vez, percebi que ele não queria conhecer ela, queria apena curtir. Isso pode ferir, e muito. Não brinque com coisas assim, pode ser pior que ganhar um tapa.
  • Assumir seus erros é fundamental.
Mais uma vez Alex representando aqui. O garoto não tinha medo de falar pra todos que ele foi um dos culpado pela morte de Hannah Baker. Queria convencer Justin, Jesse, Tyler, Marcus, Zach e os outros a assumir seus erros também. A que eu achei mais covarde foi a Courtney. Ela queria se esconder atrás das atitude de Hannah, não queria se assumir por vergonha, e sempre queria fazer de tudo para que a foto dela e da Hannha se beijando não fosse a tona. Eles não queriam acreditar que foram um dos culpados, falavam que ela teve sua escolha e não era culpa deles. E aí vem outro ponto importante, a culpa não é da vítima.
  • A culpa não é da vítima.
No episódio oito, mais especificamente na fita 4 lado B, Hannah começa colocando a tona tudo o que rolou na festa de Jesse, que é falada em todo momento na série. Nesse episódio mostra que Jesse foi estuprada pelo melhor amigo de seu namorado, o Bryce. Mas ela estava totalmente bêbada e não tem consciência de nada. Aí vem uma grande discussão, "A culpa é dela, quem mandou beber tanto?" Mas como Hannah mesmo disse, era uma festa, estavam todos se divertindo, e porque ela, por ser uma mulher, não poderia fazer o mesmo? Justin encobriu isso por muito tempo, até que no final dá série tudo vem a tona. E outro fato também, Hannah foi agredida sexualmente por Bryce em uma festa na sua casa. No último episódio ela vai contar todo esse fato ao orientador da escola, e ele simplesmente faz perguntas insinuando que a responsável por aquilo é ela, como: "Você disse pra ele parar?" " Você fez algum gesto como se não quisesse fazer aquilo?" Como se em uma hora dessas a pessoa vai ter algum tipo de reação.
  • É preciso falar de assédio, sim!
Assédio está sendo um assunto muito discutido, principalmente nas redes sociais, e isso é muito bom, precisamos falar mais sobre o que as mulheres passam. Antes queria que vocês lessem esse texto. Agora vamos lá. A série retrata muito bem o assédio que Hannah sofria. Em algumas fitas ela falava como se sentia em relação a isso, achava todos os garoto uns idiotas por fazerem aquilo com ela, e realmente são uns imensos idiotas. Em uma cena vemos que Bryce aperta a bunda de Hannah enquanto ela estava comprando um doce. Como os meninos olhavam pra ela enquanto passava pelo corredor, os cochichos com certeza são os piores. Muitas meninas passam pela mesma dificuldade hoje, que parece ser tão normal em nosso meio, e que precisa ser mudado. Devemos continuar falando mais sobre isso e nunca nos calarmos.
  • A culpa também pode matar.
Isso é o que vimos com Alex. Ele estava se sentindo tão mal pelo que tinha feito e fez o que fez no último episódio. Dá pra você perceber como ele vai piorando em toda série. No começo das fitas você percebe que ele era alegre, brincalhão. Porém, quando ele ouve as fitas e depois disso, começa a ficar mais estérico, não se importando com nada. A mesma coisa acontece com Clay quando ouve sua fita, ele quase e joga do penhasco pela culpa que estava sentindo.

  • Suicídio não é brincadeira.
Por muitas vezes na série você escuta que Hannah só se suicidou para chamar atenção e por ser muito dramática. Mas suicídio não é pra chamar atenção. Tem muitas pessoas que realmente perdem o gosto por viver, se cansam de tudo que passam, como na série. Tem gente que não entende tudo isso, minha mãe mesmo foi uma que fez um comentário do último episódio que me deixou meio triste. Ela nem tinha assistido a série e quando viu que Hannah cortou os pulsos na banheira falou "Nossa, que bobeira se matar." Não que essa seja a solução, eu sei, mas como já disse, nós não sabemos o ponto fraco da pessoa, conviver com ela quatro horas de aula não é saber tudo sobre sua vida.
  • Perceba tudo isso antes que seja tarde demais.
E por último, perceba se você não está matando alguém com palavras, com atitudes, com olhadas, com brincadeiras de mal gosto. Não deixe acontecer com alguém tudo o que aconteceu com Hannah Baker. Ela é apenas uma personagem, só que ao seu redor são pessoas de verdade que tem uma vida, ou que querem acabar com ela. Se conscientize, não ajude acabar com outra. 


                                                        Blog Café com Leite

7 comentários:

  1. Menina, falou tudo... esse post está completo e incrível!
    Posso compartilhá-lo? As pessoas precisam assistir essa série e precisamos falar disso. Nao podemos nos calar.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Mas é claro que pode flor, acho muito importante comentar esses assuntos, as pessoas precisam entender que isso é coia séria.

      Excluir
  2. Essa série transmite ótimos ensinamentos.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Eu tô louca pra ver essas série e já vi que vou me emocionar hahaha, amei seu post e tudo que vc falo concordo totalmente

    ResponderExcluir
  4. Essa série parece ser maravilhosa, não pela história, mas para conscientização mesmo. Pelo que li fala sobre um tema antigo já, que é o bullying, porém, só de uns tempos para cá é que vem sendo dada a devida atenção do quanto essas atitudes podem ser destrutivas.


    http://missdiva.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Genteeee só eu que ainda não vi ?! Kkk
    Eu tô doida pra ver, mas ainda não parei ! Quero muito ver !
    Acho que o melhor de tudo são as boas lições que a série da né ?!
    Muito bom

    ResponderExcluir
  6. É verdade devemos sim respeitar os sentimentos dos outros palavras furam como punhal,eu sempre vivo isso,e me entristece muito devemos pensar antes de falar isso serve para nós,não vi ainda,mas quero ver, muito importante seu ponto de vista,está bem exposto e bem repassado o seu conteúdo show!

    ResponderExcluir

Obrigada por ler até aqui!!

Se você gostou é só comentar.
Quer dá sua opinião? É só comentar também!
Nada de spam.
Os comentários são moderados para eu ter a chance de ler todos e responder com carinho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...